ASPECTOS GERAIS


Acajutiba fica no leste do estado da Bahia, no Brasil. Sua população é de 14 762 habitantes e sua área é de 229 km² (55,08 habitantes por quilômetro quadrado). Faz divisa, ao norte com os municípios de Crisópolis e Rio Real; ao sul, com o município de Esplanada; a leste, com o município de Rio Real e a oeste, com os municípios de Aporá e Esplanada. É a terra natal de Waldir Pires e Raimundo Brito.

A cidade têm por característica a tipicidade das pequenas cidades interioranas da Bahia. Topografia plana, clima agradável e um povo notadamente hospitaleiro.Hoje o comércio local, mantém transações principalmente com as praças de Salvador, Alagoinhas, Aracaju e Esplanada de onde importa a maioria das mercadorias de consumo local. Existem, no município, diversos estabelecimentos comerciais atacadistas e varejistas na faixa de duzentos e poucos. A administração tem levado em conta os setores da educacição e de saúde. O município conta com dezesseis escolas de ensino fundamental e três creches. Maternidade e unidade de saúde aparelhada com oito leitos, transporte de emergência, coleta de lixo regular e iluminação pública. No âmbito estadual, o município conta com três unidades de ensino fundamental e médio, com 1656 alunos matriculados(novembro 2010);o suprimento de água potável é feita pela Empresa Baiana de Águas e Saneamento (EMBASA); A EBDA (Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola) e ADAB (Agencia Estadual de Defesa Agropecúaria da Bahia), têm prestado assistência técnica e fiscalizatória no setor rural e pecuário do municpio.

A feira mais importante é realizada aos sábados na sede municipal, e como no passado, expõe à população os produtos locais. O setor de comércio e serviços é relativamente satisfatório com estabelecimentos variados – Bares, farmácias, super e minimercados, loja da cesta do povo (Ebal), pequenas lojas de calçados e confecções, moveis e eletrodomésticos, insumos agrícolas, madeireiras e autopeças, oficinas mecânicas, serrarias, serralherias, clínicas médicas, agência bancária do Banco do Brasil e um posto do Bradesco, agência dos correios e do Desembahia, linhas de ônibus regulares interestadual, para a capital do estado e cidades vizinhas. A indústria é pequena, atendendo, porém, atendendo a demanda local: padarias, movelarias, olarias, beneficiamento de água de coco. O município é pobre em ocorrência mineral com atenção somente ao extrativo de areia para construção civil. A pecuária tem atendido, mesmo que com alguma carência, a demanda da população por carne e leite. A agricultura é a base econômica do município com destaque para a produção de coco verde e seco, laranja, mandioca e seus derivados.